SISU | INSCRIÇÕES | RESULTADO E CADASTRO

SISU

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) foi inserido pelo Ministério da Educação para permitir a seleção de candidatos às vagas das instituições públicas de ensino superior, além de possibilitar que a maior quantidade possível de alunos use a suas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para ingressar nas Universidades Federais.

A quantidade de vagas oferecidas pelas Universidades Federais para os alunos participantes do programa varia de instituição para instituição, sendo que não existe uma regra específica.

Sua primeira edição ocorreu no dia 29 de Janeiro de 2010. Segundo dados do Ministério da Educação e Cultura (MEC), atualmente a capacidade de acessos simultâneos que o site do Sisu pode receber é de 200.000 alunos.

A inscrição no Sisu é gratuita e as instituições de ensino participantes devem oferecer acesso gratuito à internet para os candidatos que desejarem se inscrever no programa. No ato do cadastramento, será necessário informar o número da inscrição e a senha do Enem. No caso de realizar a matrícula, o candidato deve consultar a instituição em que foi aprovado.

O sistema do Siso funciona da seguinte forma: durante o dia o site permanece aberto para que os alunos possam se cadastrar e modificar os seus dados e durante a noite fica fechado para que o sistema processe as inscrições e recalcule as notas de corte. É necessário acompanhar as atualizações diariamente para que os candidatos fiquem por dentro e se as vagas estão garantidas.

Site do SISU: http://sisu.mec.gov.br/

Em relação a nota mínima dos alunos para concorrer as vagas, ela é variável e muda de curso para curso e o mesmo para universidades, isto é, esta nota de corte é determinada por dois fatores principais: as Universidades Federais podem instituir uma nota de corte obrigatória para cada curso, de acordo com seus critérios. Mas elas também podem optar por não determinar uma nota mínima, neste caso qualquer aluno pode participar da seleção; as notas dos outros alunos também geram a nota de corte dentro do Sisu. Quanto mais alunos concorrerem para uma determinada vaga e quanto mais alta for a nota deles, maior o valor sobe a nota de corte.

É importante deixar claro que, caso o candidato mude de ideia em relação ao curso, será possível selecionar diferentes cursos quantas vezes quiser. Entretanto, o sistema considera sempre a última inscrição concluída.

O Sisu é organizado em 3 etapas, sendo que o aluno terá 3 chances de concorrer as vagas nas Universidades Federais. A primeira etapa consiste no preenchimento de cadastro do site, depois na verificação do resultado da primeira etapa e, por fim, na matrícula dos aprovados na primeira etapa.

A segunda etapa se baseia nas mesmas regras da anterior, lembrando que assim que começa uma nova etapa do programa os alunos devem fazer novamente a sua inscrição, entretanto, na terceira, após o segundo passo de verificação do resultado e se foi aprovado para realizar a matricula, ele consiste no critério da Etapa Complementar Sisu, ou seja, os alunos podem ainda se inscrever para uma lista de espera. Quem estiver nesta lista pode ser chamado caso alguém que conseguiu uma vaga desista do curso.

O candidato aprovado na primeira opção de curso é retirado do sistema de forma automática e no caso de não fazer a matrícula para o curso em que foi selecionado, ele perde a vaga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *