Você está em: Cursos Gratuitos > Dicas > Oportunidade > Profissões em alta 2015-2016

Profissões em alta 2015-2016

O mercado brasileiro em 2015-2016

Nos próximos anos, as carreiras mais valorizadas estarão ligadas às engenharia e tecnologia, uma vez que a demanda do mercado ainda é muito alta e a quantidade de profissionais, na atualidade, ainda não supre essa necessidade. Portanto, aqueles que estão em busca de rápido acesso ao mercado de trabalho e ganhos significativos precisam manter a atenção nas tendências do mercado.

O estudante, em alguns casos, ainda não tem a preparação necessária para escolher uma profissão, pois muitas das vezes tem menos de 20 anos quando isso ocorre e até, muito depois disso, ainda falta maturidade para definir qual a melhor carreira a ser seguida.

Dependendo da situação, é bem comum encontrar pessoas frustradas depois da faculdade, uma vez que a escolha parece saturada e com isso os salários são extremamente baixos e a inserção no mercado é mais demorada. Dessa maneira, na hora da escolha é melhor levar em consideração as habilidades naturais, bem como o rumo das carreiras mais atrativas, em diversos aspectos.

 

Pontuação alta é um indício de sucesso?

Nem sempre uma pontuação de corte alta indica que determinada profissão está em alta no mercado. O Direito, por exemplo, requer notas altas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e no entanto é possível encontrar advogados em todo canto, ou seja, é o tipo de habilitação, que pode-se assim dizer, já saturou, por conta da enorme quantidade de profissionais. Porém, ainda é uma carreira de prestígio e por isso desperta muito profissões para 2015 e 2016interesse. Daí, aqueles que mais se qualificam ou trabalham em grandes escritórios, ganhando causas importantes, dentre outros requisitos, conseguem tal destaque.

Para se ter uma ideia, o profissional de estatística está entre os mais requisitados do mercado e a média de corte no Enem não é das mais significativas, com menos de 700 pontos, é possível ingressar em curso como esse. Os ganhos médios podem ultrapassar 8 mil reais, dependendo da necessidade da empresa. Além disso, a quantidade de ofertas públicas, em concursos, só aumentam, pois não há muitos estatísticos disponíveis no mercado.

Essa comparação é só mesmo para ilustrar que as notas altas podem não influenciar tanto no acesso ao mercado, tampouco nos ganhos financeiros. O negócio é acompanhar às tendências do mercado, mas sempre levando em consideração as habilidades pessoais que poderiam ou não contribuir no tipo de carreira pretendida.

 

Cursos em alta para as olimpíadas e lideranças

 

O que vem para 2015 e 2016?

Como não poderia ser diferente, os profissionais das engenharias estão no ponto alto dos requisitados, sobretudo, aqueles ligados à área ambiental, de instalações, de petróleo, civil. Nesse rol também estão os agrônomos, ciência da computação, arquitetura, gerente de novos negócios, cientista de dados, desenvolvedor mobile, diretor de operações, executivo de vendas, marketing, RH, dentre outras.

 

Mercado de trabalho

Depois da formação, as empresas chegam absorver, de imediato, mais de 70% dos formandos das áreas citadas e afins, uma vez que grande é a necessidade de compor a força de trabalho ladeada a esses profissionais. No entanto, mesmo que haja uma necessidade significativa, no que diz respeito a essas habilitações, a reciclagem é sempre a melhor forma de se manter a atualização.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *