Gastronomia

Curso de Gastronomia

A alimentação passou por etapas no desenvolvimento da historia humana, evoluindo desde o nômade ao homem sedentário, quando este descobriu a importância da agricultura e da domesticação dos animais. Com isso surgiu a abundancia de alimentos, e com isso houve a curiosidade e o interesse pelo exótico, e o homem descobriu o prazer proporcionado pela comida.  A gastronomia surgiu do prazer do homem pela comida e se constituiu como a arte de cozinhar e associar os alimentos para retirar o máximo benefício deles.

 

O que é Gastronomia?

São técnicas utilizadas para preparação de alimentos e bebidas e na gestão de estabelecimentos de alimentação.

O profissional de Gastronomia domina os métodos de segurança alimentar, de planejamento e produção de cardápios de restaurantes, de cozinha internacional e nacional, hotéis, redes de lanchonetes, bufês, empresas de serviços alimentícios, companhias aéreas e hospitais.

Com técnicas apuradas, executa a preparação de pratos simples até os de alta gastronomia. Podendo se especializar nas áreas de confeitaria, panificação ou em uma culinária específica (japonesa, alemã, francesa, italiana, entre outras).

Também é sua responsabilidade supervisionar o funcionamento da cozinha, treinar o pessoal, cuidar da tabela de preços, negociar com fornecedores, manter contato com clientes e desenvolver estratégias de marketing que visem à rentabilidade.

curso de gastronomia

 

Cursos de Gastronomia

A carreira na área gastronômica está em evidência, e isso aumenta a procura por cursos nessa área e o mercado para quem decide estudar gastronomia é promissor.

O curso de Gastronomia é a porta de entrada para quem deseja seguir nas profissões ligadas a esta graduação.  A área possui uma enorme variedade de funções que vão desde chefe de cozinha, Souschef, doceiro, até especialistas em cozinha para eventos.

Existem poucos cursos de bacharelado em Gastronomia no Brasil. Neste tipo de curso, os alunos mesclam aulas práticas com teóricas. Na parte prática do curso ele tem disciplinas de preparo de coquetéis e drinques, panificação, cozinha nacional e internacional, arte em frutas e legumes, entre outras. Nas aulas teóricas os alunos aprendem a história da gastronomia, bioquímica, funcionamento de restaurantes, matemática, estatística, gestão financeira.

Instituições:

  • http://cursos.estacio.br/
  • http://www.macuisine.com.br/
  • http://ibmr.br/cursos/graduacao/164
  • http://cegastronomia.com.br/

 

Neste tipo de curso, o aluno passa a maior parte do tempo na cozinha, aperfeiçoando habilidades como o manuseio de instrumentos, aprendendo técnicas de preparo e em aulas de cozinhas específicas (asiática, mediterrânea, vegetais, carnes e aves, entre outras). O estudante recebe noções de higiene alimentar e tem aulas de gestão de pessoas e empresarial e da legislação que regula o setor. No curso também se estuda:
Nutrição, harmonização, enologia, planejamento de cardápio, turismo e hospitalidade e a parte gerencial da cozinha é tratada em assuntos como gerenciamento de alimentos e bebidas, gestão de pessoas, responsabilidade social, marketing e administração.
Alguns cursos possuem idiomas em seus programas, como francês técnico e Linguagem Brasileira de Sinais (Libras).

 

O mercado de trabalho da gastronomia

De acordo com a Associação de Bares e Restaurantes (Abrasel), o mercado de gastronomia cresceu 10% nos últimos cinco anos.

O ramo de atuação vai além do chefe de cozinha – que cria pratos, planeja o cardápio e comanda a brigada do estabelecimento e pode trabalhar em restaurantes comerciais, navios, hotéis, bares e bufês.

O gastrônomo pode atuar como consultor, prestando assessoria para a abertura de bares ou restaurantes e propondo melhorias para estabelecimentos já abertos.  Pode atuar em confeitaria e panificação, como chef pâtissier, ou de forma independente, preparando cardápios, refeições e eventos nas casas dos clientes, como personal chef.

Outra área de atuação é a de segurança alimentar, na qual o profissional inspeciona cozinhas industriais e restaurantes verificando o cumprimento das normas de higiene e armazenamento dos alimentos.

Os salários na área de gastronomia, desde o estagiário até o chef,  variam de acordo com a experiência do profissional,  o porte da cidade e do estabelecimento.
De acordo com a Abrasel,  o salário de um iniciante no ramo da gastronomia é de R$ 1.500,00, enquanto a média de um chefe de cozinha gira em torno de R$ 7.000,00.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

Um comentário em “Gastronomia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>