Você está em: Cursos Gratuitos > Faculdade / universidade > FACULDADE DE MUSICA | TUDO SOBRE

FACULDADE DE MUSICA | TUDO SOBRE

FACULDADE DE MÚSICA

O profissional de deseja desenvolver atividades no ramo da música possui diversas atribuições além de ser um instrumentista. Todo o processo que envolve a construção da música como elemento da arte precisa, de maneira efetiva, da atuação de um profissional deste segmento. Este ponto envolve inúmeras atividades, desde a concepção de uma peça musical, sua produção, execução, desenvolvimento e posteriormente, apresentação. Neste sentido, o campo de atuação para a área da música é imenso e todo indivíduo que pretende desenvolver atividades ligadas à música em qualquer um dos contextos dispostos precisa realizar a formação adequada, de modo a aprender como funciona todo o ambiente em que a música está inserida. O músico é o profissional que possui plenos e sólidos conhecimentos nesses quesitos e atua nesta área. O musicista é o profissional que domina um instrumento musical e também pode ser chamado de instrumentista, ou ainda, de forma mais específica pode ser denominado de acordo com o instrumento a que domina, como baterista, pianista, guitarrista ou violinista, por exemplo. Neste sentido, o musicista pode ser denominado para todos os instrumentos musicais existentes. No caso de um indivíduo possuir conhecimentos práticos na execução de diversos deles, ele pode ser chamado de multi-instrumentista. Para que este indivíduo atue em caráter profissional não é necessário que seja realizada uma formação acadêmica superior, entretanto, o sólido conhecimento adquirido no curso da faculdade de músico oferece uma perspectiva de interação com o meio musical como um todo.

 

CAMPO DE ATUAÇÃO

Não é possível descrever de forma precisa todos os campos nos quais o profissional da música pode atuar, pois as possibilidades são inúmeras, porém, como exemplo; o profissional poderá atuar na produção musical em todas as atividades desenvolvidas, área de canto, composição, regência, direção de um grupo musical, atuação em empresas da indústria da musica, atuação na equipe para uma banda, atividades na área de propaganda e marketing em produtoras e agências, atuação em empresas de comunicação como rádios e emissoras de televisão, atuar com terapia musical, desenvolver atividades como educador no campo da música, dedicar-se ao aprendizado prático de um ou mais instrumentos musicais, composição de trilhas sonoras, trabalho de produção para espetáculos, concertos, produção de discos, filmes, DVDs e diversas outras oportunidades de atuação no campo a que se refere.

 

SOBRE O CURSO OFERECIDO NA FACULDADE DE MÚSICA

Para que o interessado dê início ao processo acadêmico do curso de música em instituição de ensino superior é necessário que já possua considerável conhecimento teórico sobre a música e, eventualmente, sobre instrumentos musicais, muitas vezes de forma prática também. O ingresso nas universidades que oferecem curso de música exige uma prova de conhecimento específico como processo seletivo e neste momento é solicitado ao candidato que demonstre seus conhecimentos de forma prática, além de realizar uma prova escrita de conhecimento teórico. Porém, este ponto varia de acordo com a instituição escolhida para curso e para que o candidato entenda como funciona o processo de ingresso em uma universidade específica é necessário que as informações sejam solicitadas na própria instituição de ensino, até porque, o aluno necessita de um tempo para estudo, antes de realizar a prova, assim como uma avaliação de vestibular para cursos sem habilidades específicas exigidas. Esta etapa é considerada como um forte critério de avaliação para que o candidato seja aprovado no curso e desta forma, a preparação para o vestibular de música pode demandar bastante tempo. É importante lembrar que o aluno deve possuir os conhecimentos básicos sobre música, bem como os conhecimentos especiais para a prova de habilidades específicas, pois de outra forma não é concedido o acesso ao curso superior de música em nenhuma universidade. O objetivo do curso é fazer com que o aluno aprofunde seus conhecimentos na área da música e conheça de forma efetiva todo o funcionamento do universo musical que antes somente conhecia de forma simples. Já para quem pretende somente tornar-se um instrumentista e possuir conhecimentos práticos na execução de um instrumento musical é necessário procurar cursos específicos para esta habilidade, de acordo com o segmento escolhido. A faculdade de música não ensina o aluno a tocar um instrumento, ao contrário do que é possível imaginar.

 

MERCADO DE TRABALHO

Entre todos os inúmeros campos de atuação existentes é comum que um profissional do ramo da música atue em diversas áreas diferentes neste segmento. Uma vez realizada a formação em curso superior, o profissional pode fazer parte da Ordem dos Músicos do Brasil – OMB é uma autarquia pública federal que tem o objetivo de preservar, fiscalizar e regulamentar a profissão de músico no Brasil. Entretanto, o registro não é obrigatório para que a profissão seja exercida, bem como, o diploma do curso superior de música também não é. Entretanto, o candidato que deseja realizar esta formação deve estar preparado de forma correta para participar de um rigoroso processo seletivo, bem como, para o curso de graduação que possui duração média de 4 (quatro) anos e para carreiras específicas, como regência, duração média de 6 (seis) anos.

TEMOS MAIS ARTIGOS PARA VOCÊ:

3 comentários em “FACULDADE DE MUSICA | TUDO SOBRE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *